<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://px.ads.linkedin.com/collect/?pid=1739474&amp;fmt=gif">
Close
Teste Gratuito
Teste Gratuito
14.10.2020

Imobiliário: comparação de câmaras 360 Ricoh Theta, Aleta, Nodalview

Hoje, os seus potenciais clientes esperam mais do que apenas fotos nos seus anúncios imobiliários. De forma a melhorar os seus exclusivos, as panorâmicas 360° e as vistas virtuais multiplicam as suas hipóteses de venda e demonstram o seu profissionalismo. Para implementar estas novas formas de promoção deve agora escolher uma câmara 360  entre as muitas disponíveis no mercado.

 

Camera 360 et appareil photo dont la solution Nodalviewtion Nodalview  et appareil photo Nikon sur trépied

 

💡Antes de comparar os modelos de câmaras 360, deve saber que poderá fazer panorâmicas imobiliárias com

 

Neste artigo, encontrará uma comparação completa das diferentes soluções 360 e será capaz de: 

 

Comparação de câmaras 360 em campo: teste como se estivesse lá! 

Todas as panorâmicas são feitas exatamente no mesmo local, exatamente à mesma hora do dia e sem qualquer retoque. Clique Aqui para comparar você mesmo cada solução.

Câmara 360 e máquina fotográfica incluindo a solução Nodalview e máquina fotográfica Nikon sobre o tripé

 

 

Comparação de câmaras 360°: os fatores que não deve negligenciar quando é um agente imobiliário

Enquanto agente imobiliário tem necessidades específicas em termos de 360° que é importante conhecer para poder comparar e escolher a melhor solução.

 

A resolução da câmara 360°

A resolução corresponde ao número de pixels utilizados para exibir uma imagem. Quantos mais pixels houver, melhor será a qualidade da imagem.

Porque é que isso importa?

Em computadores, tablets ou óculos de realidade virtual, os seus futuros clientes irão visualizar as suas panorâmicas 360° em vários suportes que utilizam muitos pixels. Também farão zoom e esperam a mesma qualidade, quer quando olham para uma imagem estática, quer quando se movem numa panorâmica. 

Assim, compreende que, para oferecer uma experiência imersiva aos seus futuros clientes imobiliários, oferecer apenas 360°, não é suficiente, a qualidade das imagens deve estar lá. Para isso, nem todos os modelos de câmara 360° são iguais. As câmaras de nível básico com duas lentes têm uma resolução entre 5 e 6 k versus 8k se optar por uma câmara profissional com 6 a 8 lentes. 

 

HDR e Bracketing (AEB)

A tecnologia HDR resolve o problema de exposição à luz na imagem, através de uma "explosão" que capta várias fotografias, tendo por objetivo selecionar a fotografia com melhor exposição.
O bracketing (AEB) funciona com base no mesmo princípio, mas vai mais longe, uma vez que capta mais disparos, cobrindo um espectro mais amplo de luz. O resultado é ótimo, mesmo com uma forte retroiluminação, o que nem sempre é garantido com o HDR. 

Porque é que isso importa ?   

A luz é o seu melhor aliado para valorizar a sua propriedade. Para obter um brilho ótimo ou para apresentar uma vista do exterior, terá que disparar de frente para o sol. Será então, inevitavelmente confrontado com problemas de exposição e é portanto essencial escolher uma câmara 360° capaz de fazer face à exposição.

Embora as características nativas do HDR encontradas nas câmaras 360 sejam um bom começo, apenas o escalonamento (bracketing) lhe dará os melhores resultados nas condições mais extremas de retroiluminação.

 

Teste a Nodalview

 

O erro de montagem

O erro de montagem é um erro de leitura da panorâmica 360°. É materializada por linhas quebradas ou desvios na imagem uma vez montada. 

Porque é que isso importa? 

Para evitar erros de montagem, deve sempre tirar a sua fotografia a partir do mesmo ponto. Este é o chamado ponto nodal. A lente da câmara 360 deve, portanto, rodar sempre acima deste ponto fixo.

Pela sua própria concepção, as lentes das câmaras 360 estão fisicamente separadas uma da outra, e estão, sujeitas a erros de montagem. É importante ter em conta, que quanto maior for a distância entre as lentes, mais frequentes serão os erros de montagem. 

 

Sequência de operações

O processo de disparo e a montagem das imagens também são importantes na escolha da sua solução 360.

Porque é que isto importa? 

Algumas soluções, obrigá-lo-ão a fazer uma malha muito apertada, impondo uma panorâmica a cada 3 metros, ou mesmo a cada metro após a passagem por uma porta. Isto requer longas e morosas sessões fotográficas, com dezenas de panorâmicas obsoletas por divisão, quando uma seria suficiente.

Verifique também se a junção é automática é possível com a câmara proposta ou se é necessário adicionar setas de navegação e transição entre panorâmicas. 

 

Quadro comparativo de câmaras 360: Ricoh Theta SC, Ricoh Theta Z1, Nodalview, Aleta S2C e Panono

 

 

 Nodalview

Ricoh Theta CSRicoh Theta Z1

Resolução ⭐⭐ 10 K ⭐ 5,3 K / 6,7 K
HDR / AEB  ⭐⭐⭐ AEB ⭐⭐ HDR
Erro de montagem ⭐⭐⭐Impossível ⭐⭐ Possível
Montagem automática ⭐⭐⭐ Sim ⭐Não
Disparo Ao rodar com a câmara 360 Escondendo-se
Preço a partir de 99 € 199 € / 990 €

 

  Aleta S2C

Panono

Resolução ⭐⭐ 12 K ⭐⭐⭐ 16 K
HDR / AEB  ⭐⭐⭐ AEB ⭐⭐ HDR
Erro de montagem ⭐⭐ Possível Frequente
Montagem automática Não Não
Disparo Escondendo-se Escondendo-se
Preço 1090 € 1499 €

 

Com alta resolução (12K et 10K) e a integração da tecnologia AEB, a câmara Aleta e a solução da Nodalview permitir-lhe-ão apresentar-se aos seus futuros clientes com panorâmicas 360 deslumbrantes com uma exposição perfeita em todas as circunstâncias.

Enquanto que a câmara Panono 360 oferece de longe a melhor resolução de imagem, mas o risco de paralaxe é significativo. Com nada menos, do que 32 lentes, respeitar um ponto nodal estático parece complicado. O mesmo é válido para as 5 lentes da câmara Aleta 360.

Os modelos Ricoh Theta CS e Ricoh Theta Z1 têm apenas duas lentes, o que reduz o risco de anomalias de montagem, porém a sua resolução de imagem permanece baixa.

 

Tem agora toda a informação necessária para escolher a solução ideal para fazer as suas próprias panorâmicas 360°. 

avatar

Paulo Mendes

Nascido em Portugal, mas dividido entre a beleza e a calma do Minho e a agitação citadina de Bruxelas. A música e o canto são indispensáveis.Um eterno apaixonado pela Geografia e a descoberta de novos lugares, sempre com registo fotográfico do momento. Atualmente, fascinado pela evolução da tecnologia, e poder de uma boa fotografia no imobiliário.

Em resumo

Porquê utilizar uma câmara 360 no setor imobiliário?
A câmara 360 é uma ferramenta que permite tirar fotos 360, uma vez juntas, umas com as outras, permitem criar panorâmicas 360. Esta ferramenta é ideal para os agentes imobiliários que querem oferecer visuais imersivos aos seus clientes ou visitas virtuais às suas propriedades.
Qual câmara 360 escolher para realizar uma panorâmica 360°?
Cada câmara 360 é diferente. Para escolher bem a sua câmara 360, é importante estar atento a diversos aspetos técnicos. A resolução da imagem, o bracketing, os erros de paralaxe e de montagem existentes, a montagem pós-produção e sobretudo o preço da câmara são alguns aspectos a ter em conta que influenciarão a qualidade das suas panorâmicas 360 e as suas visitas virtuais.
Tenho que comprar uma câmara 360 para realizar panorâmicas 360?
Não. Não é necessário comprar uma câmara 360 para realizar as suas panorâmicas 360. Existem duas alternativas:

-Captar uma panorâmica 360 a partir de uma câmara digital equipada com um modo de disparo panorâmico.

-Criar uma panorâmica 360° a partir de uma lente 360 e de uma solução para o smartphone, como a Nodalview.